Banner










Domingo, 21 de julho de 2024 - [email protected] - whatsapp: 69 9.9957-2377


Banner



Cafecau: apoio de Cirone Deiró viabiliza resgate da cultura do cacau em Cacoal

- anúncio-
Banner

A cidade de Cacoal tem passado nos últimos três anos por um processo de retomada da lavoura cacaueira. Esse trabalho começou a ser constituído em 2021 com a fundação do Movimento Pró Cacau, o qual foi idealizado para fortalecer e alavancar a cacauicultura no município. No último final de semana foi realizada a 3ª edição da Cafecau (Feira do Café e do Cacau) e os produtores rurais puderam expor seus produtos durante os três dias de feira.

 

 

- Advertisement -
- Advertisement -

 

- Advertisement -

A ação teve o objetivo de fortalecer a produção de cacau na região de Cacoal, visto que o nome do município teve origem na cultura em uma época que a região se destacava na cacauicultura.

 

O movimento conta com vários agentes comprometidos além de parceiros do agro. De acordo com a coordenadora do Movimento, engenheira agrônoma Sandra Rita Bartnik, um dos grandes parceiros do projeto tem sido o deputado estadual Cirone Deiró (União Brasil). “Três anos atrás, o deputado Cirone colocou diversas mudas de cacau à disposição para que pudéssemos moldar o projeto e assim estabelecer mecanismos e ações para o incentivo e potencialização da produção”, destacou.

Para Sandra Rita Bartnik, a Cafecau (Feira do Café e do Cacau) tinha a necessidade de ser criada para que os produtores pudessem expor sua produção e ao mesmo tempo fazer com que a população conhecesse os produtos feitos na região. E, agora, a feira chegou ao seu terceiro ano. “Era uma feira que estava perdida no calendário e as amêndoas de cacau eram comercializadas a um valor irrisório. A partir daí, o deputado Cirone Deiró passou a ajudar desde o início com a estruturação da Cafecau e isso é valioso, pois passamos a contar com produtores rurais e entusiastas, os quais passaram a integrar um grupo de trabalho”, frisou.

 

De acordo com Sandra Rita Bartnik, a Cafecau se consolidou e passou a ser uma vitrine aos expositores. “A partir do surgimento da Cafecau, duas chocolaterias surgiram, o que impulsionou os demais produtores a investirem cada vez mais, pois o produtor rural passou a observar que, se ele tiver uma boa amêndoa de cacau, ele terá público. Com planejamento das ações e fazendo o acompanhamento, o projeto foi consolidado e o trabalho só foi possível porque temos representantes políticos comprometidos que abraçaram essa causa. Essa foi uma união de esforços para recolocar Cacoal no cenário estadual, nacional e até internacional da cadeia produtiva do cacau e do chocolate”, ressaltou.

 

Texto: Alexandre Almeida I Secom ALE/RO

- Advertisement -

Banner


Banner

Veja também



Notícias relacionadas














z