Banner



Banner

Banner


Sexta-feira, 14 de junho de 2024 - [email protected] - whatsapp: 69 9.9957-2377


Banner


Rondônia intensifica inovação e empreendedorismo em cursos profissionalizantes

- anúncio-

Além de fortalecer e expandir a qualificação da mão de obra nos 52 municípios  rondonienses, o governo de Rondônia está intensificando o empreendedorismo e a inovação nos cursos profissionalizantes ofertados pelo Idep (Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional). Com esse objetivo, Rondônia participou de 7 a 9 de maio, em Brasília, do II Encontro Nacional de Inovação e Empreendedorismo na Educação Profissional e Tecnológica (InovEPT).

Conforme destacado pela presidente do Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional, Adir Josefa de Oliveira, o evento organizado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educacão (MEC) reuniu gestores, lideranças e pesquisadores para articular a criação de um ecossistema de inovação na Educação Profissional e Tecnológica.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, a inovação e o empreendedorismo são dois temas já priorizados pela governo do estado, visando o progresso econômico e o desenvolvimento social.

- Advertisement -
- Advertisement -

“Graças aos investimentos que o governo de Rondônia vem fazendo para fortalecer a geração de emprego e renda, nosso Estado se destaca hoje, nacionalmente com indicadores positivos, que comprovam avanços na economia local”.

- Advertisement -

TENDÊNCIA 

Na quarta – feira, 15, a presidente do Idep apresentou as inovações do ensino profissionalizante de Rondônia durante o Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais e Distrital de Educação – Foncede – Reunião Plenária Região Norte realizado em Porto Velho terça-feira (14), e quarta-feira (15).

No encontro que contou com participantes de Rondônia e outros estados, ela discorreu sobre o tema “Tendências e Desafios da Educação Profissional e Tecnológica na modalidade EaD”.

Sobre empreendedorismo e inovação, Adir Josefa destacou que a formação profissional deve ser rápida e alinhada às necessidades do mercado. “Com a competitividade, é necessário formar o cidadão para criar e gerir seus próprios negócios como resposta eficaz contra o desemprego e uma forma de fomentar a inovação “.

 

Fonte
Texto: João Albuquerque
Fotos: João Albuquerque e Pâmela Viana
Secom – Governo de Rondônia

- Advertisement -


Veja também


Notícias relacionadas












z
Pular para a barra de ferramentas