Banner



Banner

Banner


Sexta-feira, 14 de junho de 2024 - [email protected] - whatsapp: 69 9.9957-2377


Banner


Primeira etapa da campanha de declaração de rebanhos 2024 tem início em Rondônia

- anúncio-

Nesta quarta-feira, 1º de maio, tem início a primeira etapa da campanha de declaração de rebanhos, da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron). A declaração é obrigatória para criadores de bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos e suínos e deve ser feita até dia 31 de maio. Equídeos e aves também podem ser declarados. O produtor rural deve acessar o sistema da Idaron para cadastro de senha, pelo computador ou celular, e a declaração pelo site, pode ser realizada em qualquer dia e horário, inclusive, nos sábados, domingos e feriados.

Para declarar pela internet, basta acessar o site da Agência www.idaron.ro.gov.br. “É uma ação que não demanda muito tempo, é rápido e fácil. O objetivo é manter atualizado o banco de dados relacionado à pecuária de Rondônia. Esse é um dos compromissos assumidos pelo Estado e pelo pecuarista, que integra a política de responsabilidades, compartilhadas para manutenção do status internacional de área livre de Febre Aftosa sem vacinação”, destacou o presidente da Agência , Julio Cesar Rocha Peres.

Vale destacar que, além das informações relacionadas à atualização dos rebanhos, são levantadas informações de produção de peixe/pescados, abelhas e alguns tipos de frutas, com perguntas diretas e simples, para que as informações referentes a essas culturas também possam ser atualizadas.

- Advertisement -
- Advertisement -

REBANHO

- Advertisement -

O presidente da Idaron chama atenção, ainda, para outra questão importante: “A partir do início do período de declaração, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) passa a estar vinculada à declaração de rebanhos, ou seja, o produtor só pode emitir a GTA, após regularizar o rebanho junto à Idaron”.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha salientou que, Rondônia alcançou o tão desejado status internacional de área livre de Febre Aftosa sem vacinação, com reconhecimento da Organização Mundial da Saúde Animal (OMSA). “Agora que temos esse status, temos que manter as ações e fortalecer o setor importante para a economia do Estado. Temos que cumprir todas as orientações da OMSA, e uma delas, é a declaração de rebanhos à Idaron”, enfatiza.

Ao declarar o rebanho, indiretamente, o produtor fortalece a economia, uma vez que, por meio da declaração, certifica ao consumidor a qualidade da produção, fator que tem reflexo direto no volume das exportações.

 

 

 

 

Fonte
Texto: Toni Francis
Fotos: Daine Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

- Advertisement -


Veja também


Notícias relacionadas












z
Pular para a barra de ferramentas